Pesquisa no blog

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Existência

Não depende do dia
Não depende da hora
Não depende do mês
Mas sim, o tempo mexe conosco...

TIC TAC
TIC TAC
TIC TAC

Quantas vezes mais o tempo vai me subjugar?
Acreditando que de mim não poderá acontecer o nós.
As vezes eu acabo por acreditar que tudo vai acabar,
que tudo vai passar.
Consigo até imaginar como poderá ser o final.
Porque cheguará o fim.
Mas é com esse fim que não se ocorre o futuro.

Por quê?
Porque a imaginação não cria sem um ponto onde exista a relação entre nós.
Porque não é sabido como será se não houver mais, o nosso mais.
Porque é fácil dizer que é dificil, mas impossivel é dizer como será o amanhã.

E o tempo que antes machucava, martelava...
Agora, parece passar muito rápido.
Rápido demais, rápido como não deveria ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário